Conheça os cristais de estabilidade para cada chakra

[ad_1]
Cada chakra é equilibrado com o auxílio de diferentes cristais -

Cada chakra é equilibrado com o auxílio de diferentes cristais -

Foto: Sara Johnston/Unsplash / João Bidu

Os cristais, entre todos os seus atributos, são considerados grandes agentes de tratamento. A Cristaloterapia é a modalidade de terapia energética que utiliza os cristais para promover, de forma complementar, a melhora da saúde em vários âmbitos. Essa técnica consiste basicamente em posicionar os cristais correspondentes em pontos do corpo conhecidos porquê chakras.

QUER SABER O QUE VAI ROLAR NO DIA? CONFIRA O HORÓSCOPO DE HOJE NO SITE DO JOÃO BIDU! O ASTRÓLOGO REVELA AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO.

O que são chakras e por que equilibrá-los

Os chakras são vórtices de vigor localizados em todo o campo áurico que vibram de forma metódico e têm porquê principais funções a distribuição e troca energética por todo o corpo. São centros energéticos importantes estudados em todo o multíplice da anatomia sutil. Eles são considerados, não só na cultura hindu - da qual surgiram os primeiros estudos sobre esse tema -, mas também dentro de diversas linhagens espiritualistas e religiosas.

Existem, por todo o corpo etérico, diversos chakras, porém, dentro das práticas terapêuticas, são estudados sete chakras principais. Cada um deles está ligado a um corpo sutil, conta com uma cor vibracional correspondente e fica localizado em um ponto específico do corpo físico, regendo os órgãos identificados nessa extensão.

É importante manter o estabilidade desses centros de pujança. Quando estão equilibrados produzem muito-estar e saúde. Mas, quando estão em desequilíbrio podem ser os causadores de diversos problemas físicos, mentais, emocionais e espirituais.

Os cristais selecionados por grupos de cores são normalmente identificados com o chakra da mesma cor correspondente para promover o seu tratamento. Portanto, cada chakra poder ser desempenado com o uso de alguns cristais específicos. 

Chakras e os cristais para estabilidade

Chakra Substancial 

Considerado o primeiro chakra, seu nome em sânscrito é Muladhara. É considerado o chakra da raiz, responsável pela força, coragem e a sobrevivência. Fica localizado na base da pilar e a cor atribuída é o vermelho.

Quando está em estabilidade promove vitalidade e segurança. Em desequilíbrio pode motivar impassibilidade, instabilidade e raiva.

Cristais vermelhos: Rubi, Granada e Jaspe Vermelho.

Chakra Gerador ou Sexual

Considerado o segundo chakra, seu nome em sânscrito é Svadhishthana. É também divulgado porquê chakra sacral. É o chakra da procriação e o gerador das emoções. Fica localizado três dedos aquém do umbigo, no plebeu ventre, e a cor atribuída é o laranja.

Quando está em estabilidade promove a originalidade, a autoestima, a sociabilidade e segurança emocional. Em desequilíbrio pode provocar desânimo, desorganização e compulsões.

Cristais laranja: Calcita Laranja, Cornalina, Pedra do Sol e Pedra da Lua.

Chakra do Plexo Solar

Considerado o terceiro chakra, seu nome em sânscrito é Manipura. É o chakra da realização e do poder pessoal. Tem possante relação com o siso de ego e com o sistema de crenças. Fica localizado três dedos supra do umbigo, na profundeza da boca do estômago, e a cor atribuída é o amarelo.

Quando está em estabilidade promove motivação, alegria e capacidade de realização. Em desequilíbrio pode fomentar irritabilidade, impaciência, dissipação e titubeação.

Cristais amarelos: Citrino Oriundo, Topázio Imperial e Súlfur.

Chakra Cardíaco

Considerado o quarto chakra, seu nome em sânscrito é Anahata. É divulgado porquê o chakra do coração, responsável pelo sentimento de paixão e dor e é de extrema preço para o processo de tratamento. Fica localizado no meio do peito, entre os mamilos, e a cor atribuída é o verdejante e também o rosa.

Quando está em estabilidade desperta o guarida, o sentimento de perdão, o paixão incondicional e capacidade de devoção e fé. Em desequilíbrio pode motivar sensação de susto, nostalgia, frieza e desespero.

Cristais verdes/rosas: Quartzo Verdejante, Esmeralda, Malaquita, Quartzo Rosa, Rodocrosita e Kunzita.

Chakra Laríngeo

Considerado o quinto chakra, seu nome em sânscrito é Vishuddha. É o chakra da informação e da originalidade, visto porquê um portal de informação entre os chakras. Fica localizado na base do pescoço, na gasganete e a cor atribuída é o azul.

Quando está em estabilidade promove uma informação transparente, capacidade de revelação e concretização das ideias. Em desequilíbrio pode fomentar introspecção, impaciência falta de adaptação.

Cristais azuis: Chuva Marinha, Quartzo Azul, Turquesa e Larimar.

Chakra Frontal

Considerado o sexto chakra, seu nome em sânscrito é Ajna. É espargido porquê o chakra do terceiro olho, responsável pelo processo de consciência, pensamentos, percepção e raciocínio. É onde se desenvolve a clarividência. Fica localizado na testa, entre as sobrancelhas, e a cor atribuída é o índigo e o violeta.

Quando está em estabilidade promove expansão da consciência, poder mental e boa capacidade de compreensão e percepção. Em desequilíbrio pode promover incoerência, paranoia e utopia.

Cristais índigo/violetas: Sodalita, Lápis Lazúli, Fluorita e Ametista.

Chakra Coronário

Considerado o sétimo chakra, seu nome em sânscrito é Sahasrara. É publicado porquê o chakra da diadema, responsável pela conexão com a espiritualidade, estabilidade e evolução. Fica localizado no topo da cabeça e a cor atribuída é o branco, e em algumas literaturas o dourado, por simbolizar a luz.

Quando todos os outros seis chakras estão em estabilidade, nascente chakra se manifesta em perfeita simetria, promovendo o autoconhecimento, centramento e a compreensão de tudo. Em desequilíbrio pode ocasionar falta de inspiração, desconexão com o divino e ilusão.

Cristais brancos: Quartzo Branco, Selenita e Ulexita.

Dica

Uma boa dica para alinhamento energético dos chakras com o uso dos cristais é fazê-lo posicionando um cristal rolado, entre os indicados supra, no ponto específico de cada chakra.

Mantenha os cristais posicionados por aproximadamente 15 a 20 minutos, de forma relaxada, imaginando o estabilidade físico, mental, emocional místico. Quando terminar, faça a limpeza e energização dos cristais. Use-os somente para si próprio.

Exemplo:

  • Chakra Fundamental: Granada
  • Chakra Gerador: Calcita Laranja
  • Chakra do Plexo Solar: Citrino Procedente
  • Chakra Cardíaco: Quartzo Rosa 
  • Chakra Laríngeo: Chuva Marinha
  • Chakra Frontal: Ametista
  • Chakra Coronário: Quartzo Branco

Texto: Sérgio Olens - Terapeuta holístico e oraculista


[ad_2]
Fonte