Era Covid – Porquê o Egito se adaptou para receber os turistas

[ad_1]


Para retomada do setor, o turismo pós-pandemia vem mudando as formas de receber os visitantes. Veja porquê o Egito se adaptou para receber melhor o turista com cautela!

De todos os setores que foram afetados pela pandemia do novo coronavírus, o turismo talvez seja o que mais sofreu. Para não continuar sofrendo com baixa por conta do cenário incerto, o setor vem se adaptando para subsistir em meio ao “novo normal”.

Estima-se que, só o Brasil, tenha perdas de mais de 160 bilhões no setor de turismo devido à pandemia. Muitos negócios, porquê agências de viagens, seguem fechadas, enquanto outros se adaptam para atender ao público seguindo todas as normas de segurança.

Neste momento, as empresas que demonstrarem formas seguras de turismo e alternativas tecnológicas têm a maior chance de se ressaltar, e não sentir os impactos negativos da pandemia.

Algumas empresas estão aproveitando o fechamento das atividades para qualificar sua equipe, de contrato com as orientações e exigências de segurança, além de explorarem e buscarem inovação na hora de proporcionar um turismo seguro.

A tendência é que o turismo durante e pós-pandemia valorize as viagens domésticas, que dependem de menos tempo de viagem, reduzindo a exposição das pessoas a possíveis vírus. 

Adaptações necessárias

As empresas envolvidas no segmento do turismo porquê hospedagens e atrações, devem seguir as orientações de entendimento com a Organização Mundial da Saúde, além de seguir o decreto em vigor em cada lugar. 

Entre as adaptações que o turismo deverá cumprir será a limpeza e limpeza estável de ambientes, distanciamento social de  no mínimo 1,5m entre as pessoas, capacidade de hóspedes ou visitante reduzida para a metade, disponibilização de pontos para limpeza das mãos, além de exigir o uso de máscara em ambientes comuns.

Para remediar as perdas no setor do turismo, hotéis e companhias de transportes estão oferecendo remarcações de viagens, cancelamentos flexíveis, compras de passagem antecipadas para viajar num horizonte próximo, vale tudo quando o negócio é despojar a crise. 

Muitas agências e companhias estão oferecendo descontos e vantagens diversas para quem fechar sua viagem agora, sem data marcada. Mas, porquê o restante do mundo está se readaptando no setor turístico? 

O Egito, por exemplo, é um país que recebe milhares de turistas todos os anos, sendo o turismo uma das principais bases da economia do país. Devido a pandemia do novo coronavírus, o país se viu sem poder receber pessoas, e assim perder uma grande secção da renda pátrio.

O Egito e as adaptações para receber os turistas

Para a retomada do turismo foi preciso uma readaptação para gradativamente trabalhar uma retomada totalidade nas viagens para o Egito.

Durante a pandemia, o Ministério de Turismo e Antiguidades do país lançou uma campanha, divulgando tours virtuais e informativos para atrair visitantes. A campanha intitulada “Experience Egypt Soon” (experiencie o Egito em breve, em tradução livre).

Os passeios virtuais são uma escolha para quem não se sente seguro ainda em viajar, e pode despertar nas pessoas o libido de saber o Egito em seguida a pandemia. 

Dentre os passeios estão disponíveis experiências virtuais imersivas nas tumbas dos Faraós, monumentos em projeções 3D e um passeio privativo às Pirâmides. Além do Ministério de Turismo do Egito, o Museu Tutankhamon do Brasil, localizado em Curitiba, traz uma visitante com visão 360º de exposições sobre o Egito. 

De convenção com o Ministério de Turismo e Antiguidades, o país recebeu mais de 100.000 visitantes nas cidades de Sharm El Sheikh e Hurghada desde a reabertura do país para o turismo. 

Veja as medidas adotadas no Egito, nas atrações turísticas para um turismo mais seguro e retomada do setor: 

1. Hotéis

Nos hotéis, várias mudanças segundo as recomendações da OMS. As hospedagens que não seguirem as regras, não poderão voltar a funcionar. Dentre as medidas para prometer uma hospedagem segura, estão:

  1. verificação de temperatura nos hóspedes,
  2. check-in e check-out eletrônico,
  3. desinfecção de bagagens,
  4. fornecimento de álcool gel desinfetante em áreas comuns do hotel,
  5. uma clínica e médico residente em todos os hotéis,
  6. separar um caminhar para servir porquê quarentena para casos suspeitos ou menos graves,
  7. elevadores funcionando com somente 50% da capacidade de passageiros,
  8. áreas públicas desinfetadas continuamente,
  9. além e outras medidas já conhecidas adotadas na maior secção dos espaços públicos.

2. Pirâmides de Gizé

As medidas tomadas nas Pirâmides de Gizé, localizadas na cidade do Cairo, são reforçadas para prometer o funcionamento da atração. Antes de o visitante adentrar às pirâmides, ele passa por um processo de desinfecção, inclusive dos pertences, para prometer a segurança. O uso de máscaras é obrigatório, o distanciamento entre as pessoas deve ser respeitado e a atração teve sua capacidade reduzida. 

3. Praias

Na cidade de Sharm el Sheikh, origem de muitas praias e resorts, as medidas de segurança incluem o distanciamento de 2m entre cadeiras de praia, além de desinfecção da areia. Nos resorts, a distribuição de toalhas de praia é feita no quarto, além da piscina racontar com desinfecção diária.

4. Aeroportos

Segurança redobrada nos aeroportos, para diminuir ao sumo o risco de contaminação. Limpeza metódico, funcionários muito equipados e passageiros com máscara facial.

Tours pelo Egito: o que visitar?

São muitas as opções de passeios pelo Egito e isso atrai tanto visitantes domésticos quanto internacionais. Alguns dos destaques são:

  • Pirâmides de Gizé
  • Museu Egípcio
  • Cidadela de Saladino
  • Voo de balão no Vale dos Reis
  • Cruzeiro no Rio Nilo
  • Templo de Luxor
  • Livraria de Alexandria
  • White Desert
  • Mergulho em Marsa Alam
  • Vila Núbia
  • Dahab
  • Museu do Cairo

Para melhor aproveitar o tour, contrate um dos pacotes oferecidos por agências de viagens. Finalmente, são muitas as opções turísticas para visitar por lá. Seguindo um roteiro, você aproveita melhor.

 


clique aqui e curta a fanpage do 180


[ad_2]
Fonte