Blog posts na advocacia do dedo: porquê Juristas”/>
Créditos: Pixabay / Pexel

Mesmo com inúmeros recursos para se primar na internet, investir em blog posts na advocacia do dedo ainda é uma boa estratégia.

Para advogados que buscam resultados e não têm muito tempo para investir em marketing jurídico online, ter conteúdos muito posicionados no Google é a melhor forma de atrair potenciais clientes.

Isso porque, conteúdos muito ranqueados são os maiores indutores de tráfico orgânico para o seu site, gerando visitas constantes e, consequentemente, oportunidades.

Imagine receber contatos de potenciais clientes sem precisar investir em anúncios pagos? Sim, quem aposta na produção de blog posts na advocacia do dedo e investe em otimização do próprio teor conta com essa vantagem. No entanto, para chegar até o topo do Google é preciso ser estratégico e investir em boas práticas de marketing do dedo. Com o aumento da concorrência por palavras-chave que são ícones do mercado jurídico, perceber o topo do ranking é cada dia mais difícil.

Para quem pensa em aproveitar os benefícios dos blog posts na advocacia do dedo, preparamos um post completo. Veja porquê aproveitar mais o seu blog para ter resultados no marketing jurídico online. 

SEO para advogados e blog posts na advocacia do dedo

Antes de falarmos sobre a produção de blog posts na advocacia do dedo, é importante entender o concepção de SEO (Search Engine Optimization). Para advogados que acabaram de entrar em contato com o marketing do dedo, a sigla pode parecer um tanto quanto assustadora. Mas, SEO zero mais é do que um conjunto de estratégias que afetam a visibilidade do seu site, página ou teor, possibilitando que eles apareçam nas primeiras posições dos mecanismos de procura (Google, Yahoo, Bing, Baidu, entre outros). 

Não é difícil de entender. Sempre que você faz uma pesquisa no Google e encontra na primeira posição aquilo que procurava, dificilmente você vai voltar para o Google para encontrar novas respostas, evidente? E, se na primeira posição do Google você encontra a solução que precisava, seja ela na forma de produtos ou serviços, a chance de você adquiri-la é grande. Por isso, estar nas primeiras posições é tão importante e, naturalmente, saber boas práticas de SEO, também.

Para lucrar destaque na internet e depreender o topo dos mecanismos de procura, o jurisconsulto deve investir em SEO tanto para o seu site, quanto para o seu teor. Boas práticas de SEO facilitam a procura orgânica, isto é, quando um jurisconsulto publica um blog post que possui uma boa verosimilhança de entender as primeiras páginas do Google, as chances de ele se conectar com pessoas que buscam sobre aquele tópico publicado aumentam de forma significativa. E, porquê boa secção dessas pessoas são potenciais clientes, por meio de um simples blog post é provável prospectar de forma passiva, sem precisar investir em anúncios ou mesmo inúmeras postagens nas redes sociais. 

Durante um bom tempo, advogados não investiam em boas práticas de SEO acreditando que uma boa reputação no mercado bastava para ampliar a cartela de clientes. No entanto, com o aumento da concorrência e as mudanças ocorridas no mercado jurídico nos últimos anos, a veras é outra. Hoje, a maioria das pessoas pesquisa na internet antes de contratar serviços ou comprar produtos. Logo, não investir em uma presença online atualmente significa para muitos profissionais perder espaço (e clientes) no mercado.

Porquê aumentar a cartela de clientes usando blog posts na advocacia do dedo 

Publicando teor relevante para a sua audiência, o jurista aumenta seu potencial de prospecção. Assim, mais do que saber boas práticas de SEO, é fundamental pesquisar sua clientela, para entender quais são os temas que procuram e quais as soluções jurídicas que o seu escritório pode oferecer. 

Para lucrar mais visibilidade na internet, é forçoso adotar algumas estratégias, que facilitam o ranqueamento de blog posts na advocacia do dedo. Aquém, vamos tratar sobre algumas delas.

Escolha de palavras-chave

Primeiramente, palavras-chave não são necessariamente palavras. São, na veras, qualquer termo que, quando digitado nos mecanismos de procura, levam o internauta ao seu site. Para selecionar boas palavras-chave para gerar seus blog posts, é fundamental que o legisperito conheça muito a sua clientela e saiba quais são os principais assuntos que seu público está buscando. 

Usando ferramentas porquê Google Trends ou o Buzzsumo ele pode encontrar tendências e conteúdos que são mais compartilhados ou buscados na internet. Outra instrumento interessante é o Ubersuggest, uma instrumento gratuita que oferece o volume de procura e a concorrência de palavras-chave específicas. 

Para encontrar boas palavras-chave foque se naquelas que estão relacionadas com as principais buscas da sua audiência e, possuem tá volume de buscas e pouca concorrência. 

Com a transmigração de inúmeros advogados para o meio online, palavras-chave tradicionalmente relacionadas ao meio tornaram-se altamente competitivas. Assim, advogados que querem se realçar e posicionar blog posts de forma estratégica, devem buscar palavras-chave relacionadas com o tema, ou palavras-chave chamadas de “rabo longa” que são aquelas que são compostas por três ou mais termos. 

Escreva conteúdos que solucionem as dores do seu potencial cliente

Para ortografar blog posts na advocacia do dedo que efetivamente geram resultados, o jurista precisa saber muito muito a sua clientela e o mercado. Saber quais são as dores, ou seja, as questões jurídicas que seus potenciais clientes necessitam de suporte é crucial para gerar bons conteúdos e consequentemente atingir o topo do ranking dos buscadores. 

Também é principal produzir blog posts considerados “evergreen” ou “sempre verdes”. Esse tipo de blog post é aquele que responde de forma completa dúvidas recorrentes da sua audiência e nunca se desatualizam. No mercado jurídico, com as constantes mudanças das leis e normas, ortografar conteúdos evergreen não é uma tarefa simples. Mas, assim mesmo, o jurista deve buscar esclarecer tópicos que sempre geram dúvidas e nunca se desatualizam. 

Otimize seus blog posts 

Mais do que encontrar bons temas e boas palavras-chave, você precisa grafar um teor que seja amigável para os algoritmos dos buscadores. Os algoritmos, de forma simplificada, é uma tecnologia que analisa dados publicados na internet para relacioná-los com os mecanismos de procura. É graças ao algoritmo que as palavras-chave são identificadas no seu teor e permitem que os usuários dos buscadores cheguem até você. 

Hoje, existe quem faça a otimização do próprio teor usando uma espécie de checklist. Porém, porquê os algoritmos são dinâmicos e mudam com frequência, o ideal é fazer a otimização usando ferramentas próprias que orientam onde as palavras-chave devem ser encaixadas e outras práticas que tornam o teor amigável para essa tecnologia.

Para quem tem um site criado na instrumento WordPress, alguns plugins porquê o Yoast, RankMath e o SEO Press são boas indicações para otimizar conteúdos.

Links internos e backlinks 

Por término, uma boa prática que auxilia na visibilidade de blog posts na advocacia do dedo é a inclusão de links internos e backlinks. Em outras palavras, incluir no seu teor links sobre assuntos que você abordou no seu blog ou que estejam relacionados com conteúdos de outros blogs demonstra que você conhece sobre o tema e tem mando citando outras fontes, logo, para os algoritmos isso é um sinal de mando. 

Publicar blog posts na advocacia do dedo é uma ótima estratégia para qualquer jurista. Com o aumento da concorrência no meio online, é cada vez mais difícil ter visibilidade. E porquê a rotina do escritório, em si, já demanda bastante tempo e força, o ideal é apostar naquelas ações que trazem mais resultados com menos esforços. Dentro do marketing jurídico online, a produção de blog posts na advocacia do dedo, sem incerteza, é uma dessas estratégias que podem trazer resultados a longo prazo, sem que o jurisperito precise investir muito. 

Você utiliza blog posts na advocacia do dedo? Confira também quando investir em anúncios pagos é vantajoso para o legisperito. 

*Cláusula escrito em co-autoria com Helga Lutzoff Bevilacqua


Fique por dentro de tudo que acontece no mundo jurídico no Portal Juristas, siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin. Adquira sua certificação do dedo e-CPF e e-CNPJ na com a Juristas Certificação Do dedo Juristas”/>

Créditos: Firmbee / Pexels

 


[ad_2]
Fonte
Saiba Mais [+]
Publicidade - Fechar[x]

Reddit - Pinterest - Tumblr - FLICK